Um morto e três feridos graves em queda de aeronave

0
615

Uma aeronave explodiu, em pleno voo, com seis paraquedistas a bordo além do piloto e do instrutor, no domingo ao final da tarde, provocando um morto, o piloto com 30 anos e três feridos graves, sendo que dois foram transportados para o Hospital de São José, em Lisboa. Dois feridos ligeiros estão no hospital de Beja e outros três não precisaram de assistência hospitalar.
A aeronave tinha descolado do aeródromo municipal de Beja e despenhou-se na zona de Canhestros, em Ferreira do Alentejo, em Beja.
O avião desfragmentou-se e as autoridades já conseguiram recuperar o mortor e duas asas.
De acordo com o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o acidente mobilizou 28 bombeiros e 11 viaturas, dois elementos da GNR e uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), num total de 32 elementos e 13 viaturas.
A aeronave sinistrada pertence a uma escola de paraquedismo civil, de Figueira de Cavaleiros, em Ferreira do Alentejo, distrito de Beja, disse à Lusa o tenente-coronel do comando da GNR de Beja.

Fonte: Radio94fm